Em Uberaba dia 30/08, quinta-feira, para cumprir extensa agenda de campanha, o candidato a governador pela Coligação Reconstruir Minas, professor Antonio Anastasia, recebeu fora da programação oficial dezenas de prefeitos da mesorregião do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba, além de administradores de outras regiões.

Reunião foi marcada por reencontros entre amigos e aliados de longa data, mas, ao mesmo tempo, por muitos desabafos e queixas. Os prefeitos falaram sobre a angústia que estão enfrentando com a retenção, pelo governo do Estado, de recursos constitucionalmente pertencentes aos municípios.

Sem o dinheiro que é de direito das prefeituras, os administradores municipais disseram que está ficando impossível bancar serviços de saúde, educação e social, e pagar os salários dos servidores municipais em dia. “Lamentável que nossa querida Minas Gerais esteja nesta situação! Por isso precisamos reconstruir Minas para devolvê-la a quem de direito: aos mineiros” – reagiu o candidato a governador.

Segundo ele, uma das prioridades, caso eleito, será colocar “a casa em ordem”, o que implica o pagamento aos municípios.

Associação Mineira dos Municípios (AMM) promoveu manifestação que levou cerca de 500 prefeitos a Belo Horizonte, onde fizeram carreata pelas principais ruas da capital e protesto na Praça da Liberdade. Além disso, a AMM e prefeituras – isoladamente, estão propondo ações judiciais para receberem os recursos retidos.

A dívida total com os municípios, de acordo com a AMM, ultrapassa R$ 8,1 bilhões.

(Foto: Marco Aurélio Ferreira Cury)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here