Presidentes e representantes de Associações Comerciais do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba se reuniram na manhã de 26/09,quarta-feira, com o candidato a vice-governador da coligação Reconstruir Minas, deputado federal Marcos Montes, oportunidade em que tiraram dúvidas sobre o plano de governo do candidato a governador, Antonio Anastasia, e encerraram o encontro anunciando o apoio aos dois candidatos.
Movimento foi organizado e coordenado pelos presidentes da associações comerciais  de Uberlândia, Fábio Pergher , e de Uberaba, José Peixoto, e reuniu ainda, presidentes das associações de Patos de Minas, Daniel Resende; de Iraí de Minas, Paulo Cardoso; de Prata, Elson Alves Ferreira;  de Monte Carmelo, Edélcio Rodrigues, além de representante da Cooperativa de Produtores de Leite de Iraí de Minas, João Batista Pires; o empresário Daniel Peixoto; o conselheiro consultivo da Aciu/Uberaba, Karim Abud Mauad, e o superintendente  da Aciub/Uberlândia, Márcio Bocchio.
Os líderes classistas desabafaram contra a atual crise econômica por que passa o Brasil, e Minas Gerais em especial, lembrando que o estado tem uma das piores tributações do país. “São os empresários que geram emprego e renda neste país, que movimentam a economia, e estão sendo tratados sem o mínimo de respeito” – disse o presidente da Aciu.
O líder uberlandense completou: “Estamos juntos neste movimento para que possamos eleger os candidatos que verdadeiramente nos representem e tragam
equilíbrio para nosso estado”.
O candidato a vice – que é deputado majoritário no Triângulo Mineiro, agradeceu o apoio em nome do candidato a governador e em seu nome, e recordou que Antonio Anastasia tem afirmado e reafirmado que não aumentará impostos e que pretende reavaliar as questões ligadas à tributação.
Além disso, segundo Marcos Montes, Anastasia  pretende trabalhar pela volta da credibilidade, criando um ambiente favorável para atrair investimentos para Minas.
“O primeiro passo é equilibrar as finanças do estado,
cortar custos, voltar a pagar o funcionalismo em dia, retornar com os repasses constitucionais para as prefeituras, que são as legítimas possuidoras dos recursos que se encontram retidos, e também pagar os fornecedores”, enumerou Marcos Montes.

Após a reunião, os líderes classistas gravaram um vídeo para divulgação nas redes sociais e posaram para fotos com Marcos Montes.

FOTO: Divulgação Aciu/Uberaba

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here