Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar – o Diap, acaba de divulgar os nomes dos parlamentares considerados “cabeças” do Congresso Nacional, sendo 65 na Câmara e 35 no Senado.

Ao todo, o Congresso tem 594 integrantes – 81 senadores e 513 deputados federais.

O deputado federal majoritário do Triângulo Mineiro – e votações expressivas nas várias regiões do estado, Marcos Montes (PSD), aparece na lista pelo segundo ano consecutivo.

Assim como o líder nas pesquisas para governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), está entre os “cabeças” do Senado.

Anastasia e Marcos Montes são candidatos a governador e vice da Coligação Reconstruir Minas.

De acordo com o Diap, são incluídos entre os 100 principais líderes aqueles que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades aqui descritas.

Entre os atributos que caracterizam um protagonista do processo legislativo – segundo o Diap,  se destacam a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias.

Além disso, estão entre os atributos constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão.

Segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar o “cabeça” do Congresso é “aquele parlamentar que, isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel e o contexto para desempenhá-lo”.

A pesquisa inclui apenas os parlamentares que estavam no efetivo exercício do mandato no período de avaliação, correspondente ao período de fevereiro a julho de 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here