// Palavra do Deputado

11/12/2017

BANCADA MINEIRA FOI DECISIVA NA LIBERAÇÃO DE RECURSOS PARA A SEGURANÇA EM UBERABA

Bem-vindos – A segurança pública é mesmo a ordem do dia no Brasil, e não é diferente em Uberaba - cidade onde tenho meu domicílio eleitoral e principal base política. Lembro que na madrugada de 06/11, os uberabenses viveram horas de terror, com uma quadrilha integrada por cerca de 30 criminosos agindo em várias frentes, com o objetivo de assaltar uma empresa de valores. A intimidação envolveu tiros de metralhadoras e fuzis, bombas, veículos incendiados, pregos espalhados pelas ruas...

Articulações - A mobilização política e o impacto do assalto que aterrorizou a população sensibilizaram o ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, que assegurou R$ 15 milhões para o município. Diante disso, uma reunião - da qual participei - foi convocada pelo prefeito Paulo Piau com representantes da segurança pública para definir as prioridades para os recursos.

Adaptações - Ao longo dos últimos anos protocolei no Ministério da Justiça vários projetos reivindicados por cidades da minha base em Minas Gerais – entre eles, algumas propostas feitas pelos comandantes da Polícia Militar em parceria com o Movimento Acorda Uberaba. São ideias muito importantes, mas que, neste momento atual, deverão ser readequadas – claro, com a participação dos autores.

Comemoração - A liberação destes primeiros recursos do Ministério da Justiça nos últimos tempos está sendo comemorada por todos nós, que nos envolvemos nas articulações, pelo pessoal da segurança pública e pelo governo municipal de Uberaba. E não é por acaso.

Que sufoco! - Foi uma semana de muita movimentação, que incluiu o apoio da bancada dos parlamentares mineiros no Congresso, encontro com Torquato Jardim, audiência do coordenador da bancada mineira e vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho, com o presidente Michel Temer – que finalmente deu o sinal verde. E fazendo justiça, quero destacar o apoio do deputado Bonifácio de Andrada no convencimento da bancada de um modo geral.

Dúvidas - Desde que divulguei a liberação dos R$ 15 milhões tenho acompanhado as reações nas redes sociais. Os uberabenses se desdobram entre comemorar e duvidar. É mais do que compreensível, levando em conta que a segurança pública não tem recebido a atenção exigida e merecida.

Herança - Não é segredo que a segurança pública é de resposabilidade dos estados. Minas Gerais, por sua vez, não está sequer pagando em dia os salários dos servidores. Deve uma fortuna de recursos ao município de Uberaba, inclusive na saúde. O jeito é apelar para o governo federal, que ainda sofre com a quebradeira herdada dos dois governos anteriores.

Revelação - Aliás, fiquei sabendo pelo amigo Iraci Neto, secretário de Saúde de Uberaba, que a soma das emendas que destinei ao setor, em 2017, supera os recursos liberados até agora pelo governo do Estado para a saúde na cidade. Eu já sabia que o governo estava atrasando seus compromissos com Uberaba, mas me surpreendi com a revelação.

Surpresa - Afinal de contas, por mais importantes que sejam as emendas parlamentares para as bases municipais dos deputados e senadores, elas deveriam ser complementos, colaboração, uma contribuição. Nunca imaginei que a soma das minhas emendas para a saúde, em 2017, em torno de R$ 7,6 milhões, superasse o cumprimento dos compromissos do governo estadual com o setor. Se com a saúde está desse jeito, fico imaginando os outros setores!

Gratidão - E aproveito para agradecer ao prefeito Paulo Piau e ao secretário Iraci Neto pela reunião que realizaram dia 10/11, quinta-feira, no Gabinete do prefeito, com as entidades e órgãos que estão recebendo os recursos das minhas emendas em 2017. Foi, sem dúvida, um reconhecimento importante.

Gente que trabalha muito - Gostaria de ressaltar os órgãos e entidades que estão recebendo recursos através do Fundo Municipal de Saúde de Uberaba. São eles: Instituto dos Cegos do Brasil Central, Serviço Integrado de Saúde Maria Modesto Cravo, Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Hospital Dr. Hélio Angotti (Hospital do Câncer), Hospital Beneficência Portuguesa, Mário Palmério Hospital Universitário (Universidade de Uberaba - Uniube), Hospital da Criança, Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Caism), Hospital de Clínicas (Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM), Centro de Testagem Anônima, Centro de Saúde Professor Eurico Vilela, Unidade Regional de Saúde/URS São Cristóvão, Unidade Regional de Saúde/URS Boa Vista, Unidade de Pronto-Atendimento/UPA Parque do Mirante, Unidade de Pronto-Atendimento/UPA São Benedito. Também existem recursos para a atenção básica e atenção especializada;  para compra de equipamentos para o Hospital Regional; para construção de uma Unidade Básica de Saúde/UBS no Residencial 2000.

Um abraço e até a semana que vem.

*Deputado federal majoritário no Triângulo Mineiro e em várias cidades de outras regiões do Estado, Marcos Montes é médico, está no terceiro mandato na Câmara; é líder do Partido Social Democrático (PSD) – a 5ª maior bancada, com 38 parlamentares; fundador e presidente do partido em Uberaba; é membro e ex-presidente (2015/2016) da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA); ex-prefeito de Uberaba em duas gestões, e ex-secretário de Estado de Desenvolvimento Social e de Esportes em Minas Gerais

MOBILIZAÇÃO – Parte da bancada mineira no Congresso – incluindo deputados de Uberaba, Uberlândia e outras cidades do Triângulo – se reuniram em Brasília, com o prefeito de Uberaba, Paulo Piau, quando fechou apoio às reivindicações sobre segurança pública