// Palavra do Deputado

05/06/2018

NADA É TÃO TRISTE QUANTO A DESMOTIVAÇÃO DOS JOVENS

Bem-vindos. Imagens que circularam nas redes sociais nos últimos dias motivam as reflexões que faço nesta edição da coluna. Me refiro a fotos do Encontro Rural Jovem e da Reunião das Entidades Jovens do Agronegócio, eventos realizados durante a ExpoZebu pela Comissão ABCZ Jovem e o Comitê de Liderança e Juventude da Sociedade Rural Brasileira.

Estirpe - Na organização, Rivaldo Machado Borges Neto, presidente da comissão ABCZ Jovem e coordenador do comitê da SRB, jovem que demonstra seu compromisso com a linhagem à qual pertence – incluindo pai e avô -, e que tanto trabalhou e trabalha pelo desenvolvimento de Uberaba, do Triângulo Mineiro, de Minas Gerais e do Brasil.

Ação e reação  - Através dele rendo minhas homenagens a esta juventude que tem despontado Brasil afora; uma juventude participativa, cidadã, comprometida com o desenvolvimento econômico e social do País. Ao longo da história, o Brasil enfrentou crises de toda ordem, incluindo política e financeira, mas também viu reações de sua juventude na mesma medida.

Por conta própria - Enquanto os que detêm poder de decisão correm atrás de alternativas que possam melhorar a vida dos jovens, eles surpreendem tal qual fênix, ressurgindo das cinzas, se reorganizando, encontrando saídas por conta própria. Os jovens nem sempre conseguem ter acesso ao que é de seu direito: saúde, emprego, segurança, educação. Mas, é justamente nos piores desses momentos que eles ganham força.

Transformação - Encontros como os promovidos pelos jovens ruralistas e/ou defensores do segmento, expõem o poder da juventude. Não importa a causa ou o setor que representa. O que importa é que essa garotada inconformada, decepcionada, descontente reaja para transformar o seu futuro, e muitas vezes, para transformar o presente.

Participação - Não tenho dúvida de que qualquer mudança na história de uma Nação passa obrigatoriamente pela participação da sua juventude – seja na economia, na política, na área social. Daí, a beleza das manifestações, às vezes conturbadas, mas sempre na trilha de tempos melhores.

Esperança - Nada é tão triste quanto a desmotivação dos jovens – estejam eles no meio rural, no centro urbano, no comércio, na indústria, na escola. Existe sempre a expectativa de que os jovens vão REAGIR.

Um abraço e até a semana que vem...

*Marcos Montes está no terceiro mandato de deputado federal; foi líder (2017) e é vice-líder da bancada do PSD na Câmara; é membro e ex-presidente (2015/2016) da Frente Parlamentar Mista da Agropecuária (FPA); é majoritário no Triângulo Mineiro e em Uberaba – onde tem domicílio eleitoral e foi prefeito em duas gestões (1997/2000 – 2001/agosto de 2004, quando assumiu o comando da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Esportes de Minas Gerais)

(FOTOS; ANDRÉ SANTOS/UBERABA/MG)